sábado, 18 de agosto de 2018

Apagado, Lyon sucumbe na segunda rodada para o campeão da Ligue 2

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


Reims venceu por 1 a 0 em gol que gerou apagão na defesa do OL




TEXTO: Gazeta Esportiva
Abrindo a segunda rodada do Campeonato Francês, o Reims recebeu o Lyon nesta sexta-feira e venceu por 1 a 0, com gol de Pablo Chavarria. Os dois times haviam começado o torneio com vitória e o Reims segue 100%. O time da casa conseguiu segurar o ímpeto do Lyon e depois de abrir a vantagem, se defendeu bem para garantir sua segunda vitória em dois jogos.

O primeiro tempo teve um bom posicionamento defensivo dos donos da casa, que se postaram fechados e conseguiram segurar as tentativas do Lyon. O time visitante não conseguiu ser efetivo, no entanto, e pagou caro pela falta de objetividade.

Aos 33 minutos, em boa jogada pela esquerda, Konan se livrou de Traore e cruzou para a pequena área, onde Chavarria subiu mais alto que a zaga e mandou para o fundo da rede de Gorgelin, abrindo o placar para o Reims.




A volta para o segundo tempo teve o anfitrião melhor. Ainda assim, o time teve certa dificuldade de infiltrar a área adversária, enquanto o Lyon sofreu do mesmo problema da etapa inicial e não soube furar a barreira defensiva imposta pelo Reims. Depay foi o principal nome do Lyon, mas mesmo com o camisa 11 buscando, e com a pressão nos últimos minutos, o placar não foi alterado.

TEXTO: Gazeta Esportiva
FOTOS: Francois Nascimbeni-AFP / ol.fr
CAMPINHOS: Sports.fr

Lyon (4-3-3): Gorgelin | Dubois (Rafael, 83'), Marcelo, Morel e Mendy | Tousart, Ndombélé e Aouar  (Terrier, 66') | Traoré, Memphis Depay (Cornet, 65') e Mariano Díaz

Reims (4-2-3-1): Mendy | Métanire, Fontaine, Abdelhamid e Konan | Romao e Chavalerin | Ouadin (M'Bemba, 69'), Martin (Cafaro, 75) e Doumbia | Chavarria (Suk, 81')

Gol: Pablo Chavarría (32')


MELHORES MOMENTOS:
(se o vídeo acima não rodar. CLIQUE AQUI) 

Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

[Ligue1 18/19] 2ª rodada - Reims x Lyon

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais



O Lyon começou a Ligue 1 com o pé direito. No último domingo, na estreia da rodada do Campeonato Francês, venceu tranquilo o Amiens por 2 a 0, dentro de casa. A missão, agora, é ser visitante. Vai encarar os atuais campeões da Ligue 2 no Estádio Auguste Delaune. O time da casa se deu muito bem na semana passada, quando bateu o Nice por 1 a 0, na Allianz Riviera. Um resultado bastante expressivo para um time que acabou de subir de divisão e que tem a meta de somente permanecer.

Para encarar os donos da casa, o Lyon ainda não conseguiu fazer com que Fekir apareça no grupo. Ele já retornou de férias da Copa do Mundo, mas ainda não está fisicamente apto para a reestreia, que acaba ficando adiada para o confronto contra o Strasbourg, na próxima rodada. Além dele, Lopes, ainda suspenso, é um desfalque importante no gol. Kenny Tete e Fernando Marçal se recuperam de lesão e, sequer, viajaram. Com as ausências, nomes como Racioppi e Solet acabam ganhando mais rodagem no time principal. Em contrapartida, os jovens Gouiri e Martins-Pereira integram o Lyon B neste fim de semana.

Já o Reims, comandado pelo técnico David Guion, acabou perdendo uma das suas principais peças para esta temporada. O clube alvirrubro não pode contar mais com o brasileiro Diego Rigonatto, negociado ao Al Dhafra, dos Emirados Árabes, Jordan Siebatcheu, que partiu para o Rennes. Em contrapartida, chegaram ao clube Doumbia (vindo do Rostov), o experiente volante Romao (do Olympiakos),  além do sul-coreano Suk (do Troyes). No elenco do Reims, ainda há Thomas Fontaine e Xavier Chavalerin, dois jogadores criados na base do Lyon e que não tiveram oportunidades no time profissional.

O confronto entre Reims e Lyon acontece nesta sexta-feira (17/08), às 15h45 do horário de Brasília. No Brasil, nenhuma emissora deve transmitir a partida. Abaixo, confira os relacionados pelos dois times.



LYON:

GOLEIROS: Mathieu GORGELIN e Anthony RACIOPPI;
LATERAIS: RAFAEL, Léo DUBOIS e Ferland MENDY;
ZAGUEIROS: Jérémy MOREL, MARCELO e Oumar SOLET;
VOLANTES: Lucas TOUSART, Jordan FERRI, Pape Cheikh DIOP e Tanguy NDOMBÉLÉ;
MEIAS: Houssem AOUAR;
ATACANTES: MEMPHIS Depay, Bertrand TRAORÉ, Mariano DÍAZ, Martin TERRIER e Maxwel CORNET;
TÉCNICO: Bruno GÉNÉSIO;
DESFALQUESAnthony LOPES, Kenny TETE, Fernando MARÇAL e Nabil FEKIR



REIMS:

GOLEIROS: Johann CARRASSO e Edouard MENDY;
LATERAIS: Ghislain KONAN e Romain MÉTANIRE;
ZAGUEIROS: Yunis ABDELHAMID, Thomas FONTAINE e Axel DISASI;
VOLANTES: Xavier CHAVALERIN, Alaixys ROMAO, Mathieu CAFARO, Nolan M'BEMBA e Aly N'DOM;
MEIAS: Marvin MARTIN e Moussa DOUMBIA;
ATACANTES: Pablo CHAVARRÍA, Rémi OUDIN, Grejohn KYEI e Hyun-Jun SUK;
TÉCNICO: David GUION;
DESFALQUESTristan DINGOMÉ


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

domingo, 12 de agosto de 2018

Lyon estreia na temporada com vitória tranquila em casa

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


Time atuou com um pé no freio, contou com um calor intenso e um golaço de Memphis Depay




O Lyon, finalmente, retornava aos gramados da Ligue 1 na manhã deste domingo. Com um time quase igual ao que terminou a temporada passada, mantendo o novo técnico e uma esperança e conseguir fazer frente ao maior concorrente caseiro: o PSG. Além disso, o ano do OL também terá uma novidade que é o retorno da disputa na fase de grupos da Liga dos Campeões. Isso não ocorria desde 2016. É neste espírito de fazer uma ótima temporada, com reforços cirúrgicos e expectativa de fazer algo melhor do que fez no ciclo anterior, que as portas do Groupama Stadium se abriam hoje no confronto diante do Amiens, com direito a volta olímpica de Fekir com a taça da Copa do Mundo.

Em campo, poucas novidades em relação ao que acompanhamos pela pré-temporada. Com Lopes e Rafael suspensos, Marçal se recuperando de um estiramento na panturrilha e Fekir ainda voltando de férias da Copa do Mundo, quem assumiu as vagas deles foram Gorgelin no gol, Léo Dubois estreando na lateral direita, na esquerda – naturalmente – Mendy e Aouar tomou o centro do meio de campo ofensivo. A outra grande contratação da temporada, Martin Terrier – que fez uma incrível pré-temporada, iniciava a partida no banco de reservas. Na imagem abaixo é possível ver como ficou escalado o OL.




O adversário do dia para o Lyon é tipicamente aquele time que vai lutar para não cair ao longo da temporada. O Amiens, além de ter um elenco e orçamento limitado, também é uma equipe que passou por uma intensa reformulação do seu elenco da temporada passada para a atual, chegando a liberar incríveis 14 jogadores do elenco e tendo que se reforçar com outras peças que ainda não estão ambientadas ao futebol francês, como os titulares Lefort, Gnahoré e Otero. Na imagem abaixo, conseguimos ver como o técnico Christopher Pelissier montou a equipe, com uma formação bem similar aquela que o Lyon também iniciava:




Com bola rolando, nos primeiros dez minutos de jogo, não vimos nenhum futebol vistoso. Na verdade, o jogo se embolava no meio de campo com uma posse de bola do OL nada agressiva. Dessa maneira, o Amiens não dava espaços para o clube da casa chegar em sua área, mas ao mesmo tempo o OL não possibilitava oportunidade de contra-golpe. A partida começou bem estudada e com quase nenhuma finalização até então.

O primeiro ataque com perigo do jogo surgiu aos 14’. O Lyon pressionava e em uma das tentativas de construção de jogada, Tousart tentou tocar em Traoré que, ao buscar fazer o pivô, acabou tocando de calcanhar para Dubois passando pelas costas da defesa. O lateral estreante conseguiu fazer a penetração, finalizou bem, mas o goleiro Gurtner saiu e defendeu no cantinho. Ótima intervenção.

Pouco tempo depois, foi a vez o Amiens tentar alguma coisa. A finalização dependeu de uma jogada individual do ex-corinthiano Mendonza. De fora da área, ele arriscou dali e a bola passou com um ligeiro perigo em cima da meta de Gorgelin. A resposta do Lyon veio aos 21’, quando Memphis Depay ligou um contra-ataque fulminante, deixou Traoré sair em disparada, e Gurtner, novamente, apareceu certeiramente para intervir.

Esta seria a primeira chance que Traoré criaria. Na segunda, ele não perdoou e o Lyon acabou marcando seu primeiro gol na temporada. A jogada foi construída do lado direito do ataque, com Dubois e Ndombélé. Traoré recebeu, caminhou no fundo driblando o defensor. Quando entrou na área, estava sem ângulo algum, mas decidiu finalizar dali mesmo. O chute rasteiro não deu para Gurtner. A bola passou por debaixo das pernas do goleiro e colocou o estádio em polvorosa: 1 a 0!

Depois do gol marcado, o calor intenso na França fez os times se hidratarem na beira no campo. Mas no retorno, Traoré quase repetiu o mesmo lance do gol. Em outra jogada individual, ele passou pelo defensor e bateu cruzado. Desta vez, Gurtner estava mais atento e buscou no cantinho. O Amiens só respondeu aos 37’, quando Otero cobrou falta cruzada e forçou Gorgelin a tirar de soco e de peixinho.

O intenso calor e a péssima condição do gramado do Groupama Stadium prejudicavam o bom andamento do jogo. No fim do primeiro tempo, até por ser começo de temporada, os times sentiram um pouco do cansaço e diminuíram o ritmo. Traoré incomodou de novo, mas de bola parada e sem muito perigo. Definitivamente, o jogador burkinabé era o melhor em campo até a primeira parte.

Na segunda etapa, o Lyon voltou como se estivesse encarado uma feijoada no intervalo. Time pesado, sem ânimo e com pouca criatividade ofensiva. Isso, claro, dava ao Amiens um vislumbre de poder crescer no jogo. Isso aconteceu, mas não com tanta eficiência e praticidade. De fato, o OL já não era mais aquela força da primeira etapa. E um golzinho do adversário, ali, poderia colocar tudo a perder.

Essa oportunidade de gol do adversário quase aconteceu aos 22’ da etapa final. Cornette, que acabava de entrar no lugar do jovem Guessouma Fofana, tabelou na entrada da área do Lyon, recebeu sozinho e deu azar na finalização. Acabou pegando torto na bola, que saiu pela linha de fundo. Poucos minutos depois, foi a vez de Gnahoré fazer jogada e entrar como quis na área do OL para bater cruzado. Nas duas, Gorgelin já estava vendido e o gol não saiu por detalhe.

Quando parecia que o Amiens parecia querer a gostar do jogo, o Lyon cresceu de forma inesperada. Mas tudo aconteceu por falta sofrida por Aouar na entrada da área. Por centímetros, não seria pênalti. Quem foi para a bola? Memphis Depay. O holandês cobrou com perfeição, no lado do goleiro. Colocou no ângulo como quem tivesse encaixado a bola com a mão. Perfeito! 2 a 0!

Antes da bola entrar, o OL preparava uma alteração – que acabou acontecendo assim que a bola balançou as redes. Martin Terrier fazia sua estreia com a camisa do clube em jogos oficiais. Ele entrou no lugar de Mariano Díaz, que teve uma atuação apagada. Naquele momento, Memphis e Terrier revezavam entra o lado esquerdo do campo de ataque e a posição de centroavante.

Perto dos 40’ da segunda etapa, o Amiens mexeu pela segunda vez. Mathieu Bodmer entrava em campo no lugar de Konaté. Uma alteração um pouco difícil de explicar, já que o time estava perdendo de dois gols de diferença. Qual é o motivo para tirar um atacante e colocar um zagueiro? Já no finzinho, o OL também mexia. E duas vezes de uma vez: entravam Cornet e Diop nos lugares de Traoré (o melhor em campo) e Tousart.

Já quase nos acréscimos, o Amiens queimava sua última alteração, a sexta no jogo. Quem saia era o estreante Juan Otero para a entrada de Timité. Mesmo com os quatro minutos de acréscimos, não houve tempo para uma possível reação. Na verdade, quem continuava atacando e pressionado, mesmo aos trancos e barrancos, era o Lyon, que também não marcou. E ficou assim: 2 a 0!

O próximo embate do Lyon já é na próxima sexta-feira (17). O clube enfrenta o Stade de Reims, abrindo a segunda rodada da Ligue 1. O jogo será no Estádio Auguste Delaune, às 15h45. Até lá!

FOTOS: FranceFootball / olweb.fr
CAMPINHOS: Sports.fr


MELHORES MOMENTOS:
(se o vídeo acima não rodar. CLIQUE AQUI) 

Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

O Lyon começa 2018/19 melhor do que terminou a temporada anterior

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais




Terceiro lugar na Ligue 1 com 78 pontos, dois a menos que o Monaco, 15 a menos que o indomável PSG. O que mudou daquele Lyon do meio de maio para o OL que entra em campo neste domingo (12)? Na verdade, pouca coisa. A ordem na casa é tentar segurar o máximo de peças possíveis e manter a estrutura que vinha tendo bons resultados, trazendo uma ou outro jogador para somar em posições carentes e, claro, proporcionar uma disputa sadia entre jogadores que visam a titularidade. O contestado treinador Bruno Génésio também continua a frente dos trabalhos.

Até o presente momento deste post, o mercado que o presidente Jean-Michel Aulas é um dos mais interessantes. Não pelo o que ele conseguiu contratar, mas pelo o que conseguiu vender. Ele já lucrou cerca de 60 milhões de euros sem se desfazer de qualquer jogador que seja considerado titular da equipe. 

Até então quem deixa o clube são apenas atletas que, em boa parte, estavam emprestados para outras equipes ou que atuavam pelo Lyon B. O único jogador que era considerado do time principal, Mouctar Diakhaby, praticamente não teve sequência na temporada que se encerrou.

SAÍDAS:
  • Sergi Darder (Espanyol) - 8M de euros + 2M de bônus por desempenho + 20% da próxima venda.
  • Romain Del Castillo (Rennes) - 2M de euros
  • Mouctar Diakhaby (Valência) - 15M de euros
  • Willam Geubbels (Monaco) - 20M de euros
  • Aldo Kalulu (Basel) - 2M de euros
  • Jean-Philippe Mateta (Mainz) - 8M de euros
  • Nicolas N'Koulou (Torino) - 3,5M de euros
  • Elisha Owusu (Sochaux) – Empréstimo

Por outro lado, o mercado de contratações tem sido, de certa forma, modesto... embora cirúrgico. O OL tem mostrando um foco bem restrito para apenas fechar com peças que possam melhorar algum setor do campo. O interessante também a se notar é que o clube não gastou quase nada até agora, com os jogadores que chegaram. Mais um belíssimo exemplo de gestão financeira do presidente Jean-Michel Aulas.

ENTRADAS:
  • Leo Dubois (Nantes) – Fim de contrato: lateral direito – 23 anos
  • Martin Terrier (Strasbourg/Lille) – 11M de euros + 4M de bônus por desempenho + 10% da próxima venda: atacante – 21 anos
  • Tanguy Ndombélé (Amiens) – 8M de euros: volante – 21 anos (já estava emprestado ao clube e jogou na temporada passada como titular)
  • Reo Griffiths (Tottenham) – valor não revelado (imprensa francesa fala em custo zero): atacante – 18 anos
  • Olivier Kemen (Gazélec Ajaccio) – Retorno de empréstimo: volante – 22 anos
  • Christopher Martins-Pereira (Bourg-en-Bresse) – Retorno de empréstimo: zagueiro/volante – 21 anos

Os dois últimos da lista acima são os únicos jogadores que estavam emprestados que acabaram não sendo renegociados. Kemen deve ser reemprestado ou compor o time B, já Martins-Pereira teve boas atuações pelo clube na pré-temporada e pode ganhar espaço no elenco principal – e tem muita qualidade para fazer isso, inclusive. Griffiths deve ser o principal atacante do Lyon B. Além disso, o presidente Jean-Michel Aulas, além do treinador Bruno Génésio buscam, ao menos, mais duas peças para fechar o elenco para o decorrer da temporada. O clube, oficialmente, está em busca de um zagueiro experiente e um volante para disputar posição com Lucas Tousart (apesar deu achar que este nome é justamente do Christian Martins-Pereira, que poderia ganhar mais chances).

A janela de transferências das principais ligas europeias se encerra no fim do mês – com exceção da Inglaterra que já não pode mais contratar, apenas vender. Os clubes devem ainda se movimentar bastante. Do elenco atual dos Gones, ainda existem especulações para saídas, inclusive. Memphis Depay, desde a temporada passada, por exemplo, é especulado nos dois times da cidade de Milão. Mariano Díaz, a partir do dia em que assinou com o Lyon no ano passado é especulado para voltar ao time que o vendeu: Real Madrid. Até o jovem Myziane Maolida, atacante de 19 anos, tem proposta do Nice. Tudo ainda pode acontecer e se o OL perder alguma peça, certamente vai tentar se movimentar para repor.


O TAL ZAGUEIRO

Até o presente momento, a maior dor de cabeça da diretoria do Lyon é realmente a zaga. Marcelo é um nome garantido – inclusive já agraciado com o vice-capitão do time. Acontece que ele também recebeu inúmeras sondagens do mercado inglês, com propostas concretas do West Ham. No apagar das luzes, o OL o convenceu a ficar e deve ter o contrato renovado em breve. O problema que a diretoria enfrenta é achar um outro bom zagueiro para dividir a zaga com ele. Se ele saísse, o problema se agravaria de forma urgente. Morel foi quem atuou ali no setor na temporada anterior e, para essa, o clube a torcida querem ver um nome mais consistente no setor.


A diretoria segue trabalhando. O primeiro plano A foi o jovem Abdou Diallo, do Mainz, que logo foi descartado. Em seguida, veio o colombiano, ex-Palmeiras, Yerri Mina. Ele estava no Barcelona e o Lyon travou uma batalha com o Everton até o último dia para tentar trazê-lo para a França. Queda de braço perdida. O foco agora é o jovem Rúben Dias, do Benfica, de apenas 21 anos. Ele, a partir de agora, é o alvo preferido da diretoria, que já sondou, inclusive, três brasileiros: Dedé (Cruzeiro), Lucas Veríssimo (Santos) e Rodrigo Caio (São Paulo). O último dos três segue sendo tratado como plano B.


FEKIR!

Definitivamente, a qualidade e a resposta do “até onde o Lyon pode chegar” perpassa por Nabil Fekir. O jogador chega com pompa de campeão mundial, líder do time, capitão e principal jogador. Perdê-lo nesta janela seria trágico e isso quase aconteceu. O atleta chegou a fazer exames físicos no Liverpool, que detectou qualquer coisa no joelho dele e abaixou a pedida. O OL não aceitou o abatimento do valor e ele permanece até então. O Chelsea também tentou uma movimentação nos últimos dias que não culminou em muitas coisas. Por enquanto, não há mais sondagens. Mas como já dissemos antes: faltam 20 dias e tudo pode acontecer. Basta uma Juventus, Bayern, Real ou Barça olhar com carinho para o menino para fazer uma proposta irrecusável.

Portanto, neste momento, Fekir é o coringa deste time dos Gones e pode ser o fator determinante para as ambições do clube na temporada que começa por agora. O jogador, além de ser o pilar e carregar esse fardo importante que já dissemos, é a principal arma para acabar com as defesas adversárias de uma competição do porte da Liga dos Campeões.





CHAMPIONS LEAGUE

É isso mesmo! Desde 2016 o OL não participava da fase de grupos da competição e, em breve, voltará a disputa-la. O terceiro lugar na temporada passada acabou contemplando o time com a vaga direta ao torneio mais disputado da Europa e, exatamente por isso, o Lyon conseguiu – até então – segurar suas principais peças. O vislumbre de vários jogadores é de entrarem em campo ao som da música acima e sentir isso que poucos tem a possibilidade de contemplar.

O OL está no Pote 3, juntamente com Roma-ITA, Schalke 04-ALE, Liverpool-ING, Monaco, CSKA-RUS e mais dois que ainda não foram definidos. O sorteio para definir o grupo do OL será realizado em Mônaco, no dia 30 de agosto. A expectativa da diretoria é fazer uma boa campanha a ponto de passar desta fase de grupos e, dali em diante, cada jogo tem seu tempero e fica impossível prever.

LYON B

Se o time principal não teve praticamente alteração alguma, com peças importantes sendo mantidas, treinador continuou, tudo isso com a expectativa de manter o bom trabalho, no time B as coisas estão em turbilhão. Se pegarmos o atual time titular do Lyon, somente o goleiro Lopes, o meia Aouar e Fekir são jogadores oriundos das categorias de base. Isso é um péssimo termômetro para o clube que possuiu a terceira melhor formação de jogadores da Europa e que até pouco tempo tinha 70% do time titular formado por jogadores vindo das divisões inferiores.

Umtiti, Tolisso e Fekir: três joias do Lyon campeãs do mundo!

A base continua formando bons jogadores, mas ao que tudo indica, algo está acontecendo no momento da transição dos jogadores. E é justamente aqui que entra o papel do Lyon B. Esse time reserva é um repositório de jogadores que chegam das categorias de base e ali podem atuar até os 23 anos. Além disso, outros jogadores que não vem sendo aproveitados no time principal também acabam atuando por lá. Atualmente, esta equipe disputa o equivalente a quarta divisão do futebol nacional francês... e não foi muito bem na temporada passada.

As mudanças começaram com o ex-zagueiro brasileiro Cris. Ele era o treinador do Lyon B e pediu demissão. O ídolo do clube começou do sub-15, passou pelo sub-19 até chegar ao Lyon B. Alegou que está disposto a encarar novos projetos no futebol. Sendo assim, o clube rearranjou seus treinadores de base e promoveu alguns nomes. A partir desta temporada, quem comanda o time reserva é o ex-jogador Christian Bassila, que era o responsável pela coordenação do sub-13, sub-14 e sub-15. Ele será auxiliado por Gueïda Fofana, o ex-volante que se aposentou precocemente, aos 27 anos e que auxiliava o sub-17. O clube também buscou Alfred Dossou-Yovo, da base do PSG, para ser o treinador de goleiros.

Essa escassez de jogadores da base no time principal é muito criticada pelos torcedores. E boa parte da crítica vai para o treinador Bruno Génésio. Segundo os franceses, ele não tem olhado com muito cuidado para os jogadores que o clube vem criando. Atualmente, do time profissional do clube, apenas nove jogadores são formados nas categorias de base: Anthony Lopes (goleiro), Mathieu Gorgelin (goleiro), Anthony Racioppi (goleiro), Christopher Martins-Pereira (zagueiro/volante), Jordan Ferri (volante), Houssem Aouar (meia), Nabil Fekir (meia), Amine Gouiri (atacante) e Myziane Maolida (atacante).

Durante a pré-temporada, alguns jogadores deste time B foram observados, treinaram com o time principal e tiveram chances de jogar. Ao longo da temporada, existe a possibilidade de serem aproveitados em algum momento e, claro, cabem a eles mesmos mostrarem serviço para obterem a continuidade: Oumar Solet (zagueiro), Maxence Caqueret (volante), Ousseynou N’Diaye (meia), Yassine Fekir (atacante – irmão de Nabil Fekir), Yann Kitala (atacante).





PRÉ-TEMPORADA

Para começar o ano, o Lyon já fez seis jogos e encarou grandes adversários. O desempenho foi bem surpreendente, de certa forma. Ao todo, venceu três partidas, empatou duas e perdeu duas. Vamos falar de cada uma delas?

13/07 - Sion (fora) - 2 a 2
Primeiro amistoso pré-temporada. 2 a 2 diante do Sion, na Suíça.

Time que começou (4-3-3): Gorgelin | Dubois, Marcelo, Morel e Marçal | Caqueret, Diop, Ndombélé | Y. Fekir, Cornet e Mariano Díaz

Time do 2º tempo (4-4-2): Racioppi | Rafael, Solet, Yanga-M'Biwa e Mendy | Tousart, Ferri, Martins-Pereira e N'Diaye (Kitala) | Traoré e Terrier

Gols de Terrier e Mendy
Ausências: Aouar (tornozelo), Memphis (recondicionamento), Fekir e Lopes (Copa do Mundo)

OBS: Alguns jogadores do OL foram bem elogiados pela imprensa no jogo: Caqueret, Yassin Fekir, Solet, N'Diaye e Mendy (que fez um golaço).

GOLS:




21/07 - Fulham (casa) - 4 a 0 para o OL
Partida em Bourgoin-Jallieu, uma comuna francesa perto da região de Lyon

Time que começou (4-4-2:) Gorgelin | Dubois, Marcelo, Morel e Mendy | Caqueret, Diop, Ferri e N'Diaye | Traoré e Memphis Depay

Time do 2º tempo (4-3-3): Raccioppi | Tete, Martins-Pereira, Solet e Rafael | Tousart, Ndombélé e Aouar | Cornet, Mariano Díaz e Terrier

Gols de Terrier (2x), Mariano Díaz (pen) e Cornet
Ausências: Fekir, Lopes (Copa do Mundo) e Fernando Marçal (poupado)

GOLS:




25/07 - Huddersfied (fora) - 3 a 1 para o Huddersfield
Foi a primeira derrota na temporada. Perdeu de 3 a 1 no John Smith's Stadium.

Time que começou (4-3-3): Gorgelin | Tete, Marcelo, Martins-Pereira e Rafael | Caqueret, Ndombélé e Diop | Memphis Depay, Traoré e Cornet

Time do 2º tempo (4-3-3): Gorgelin | Dubois, Solet, Morel e Mendy | Tousart, Ferri e Aouar | Cornet, Terrier e Mariano Díaz

Gols de Cornet | Kongolo e Deproite (2x)
Ausências: Aouar (tornozelo), Marçal (panturrilha), Fekir e Lopes (Copa do Mundo)

MELHORES MOMENTOS:




28/07 - Wolfsburg (casa) - 2 a 1 para o OL 
Jogo no estádio Marcel Verchère, de Bourg-en-Bresse, região de Lyon.

Time que começou (4-4-2): Gorgelin | Dubois, Marcelo, Morel e Mendy | Tousart, Ferri, Aouar e Memphis Depay | Traoré e Terrier

Time que terminou o jogo (4-4-2): Gorgelin | Tete, Marcelo, Morel e Rafael | Martins-Pereira, Caqueret, Ndombélé e Diop | Yassine Fekir e Cornet

Gols de Traoré e Terrier | Arnold (Wolfsburg)
Ausências: Marçal (panturrilha), Mariano Díaz (retorno de lesão), Fekir e Lopes (Copa do Mundo/Férias)

GOLS:



01/08 - Benfica (fora) - 3 a 2 para o OL 
Primeira partida pela "International Champions Cup". Venceu, de novo, na pré-temporada. Bateu o Benfica por 3 a 2, no Estádio Algrave, em Faro (Portugal).

Time que jogou (4-3-3): Gorgelin | Tete (Dubois), Marcelo, Morel e Mendy | Tousart, Ndombélé (Diop) e Aouar (Ferri) | Memphis Depay (Cornet), Traoré e Mariano Díaz (Terrier)

Gols de: Marcelo, Traoré e Terrier | Salvio e Marcelo (contra)
Ausências: Fekir e Anthony Lopes (Copa do Mundo - férias)

OBS: Martin Terrier, uma das novas contratações, havia marcado gols em todos os jogos que o OL fez na pré-temporada até aqui.

MELHORES MOMENTOS:



04/08 - Internazionale (fora) - 1 a 0 para a Inter
Segundo jogo pela International Champions Cup. Perdeu para a Inter de Milão no Estádio Via del Mare. OL jogou com o time reserva.

Time que começou (4-3-3): Gorgelin | Rafael, Solet, Martins-Pereira e Dubois | Diop, Ferri e Ndombélé | Terrier, Maolida e Mariano Díaz

Time que terminou (4-4-2): Gorgelin | Tete, Solet, Martins-Pereira e Mendy | Tousart, Caqueret e Aouar | Memphis Depay, Traoré e Gouiri

Gol de Lautaro Martínez
Ausências: Lopes, Marçal e Cornet (em recuperação), Fekir (Copa do Mundo - férias)

MELHORES MOMENTOS:



07/08 - Chelsea (fora) - 0 a 0 (5 a 4 nos pênaltis para o Chelsea)
Último amistoso de pré-temporada. Após empatar de zero, pela International Champions Cup, o time acabou derrotado por 5 a 4 nos pênaltis. Pape Diop foi o único jogador do OL a errar a cobrança.

Time que começou (4-3-3): Lopes | Dubois, Marcelo, Morel e Mendy | Tousart, Ndombélé e Aouar | Traoré, Memphis Depay e Mariano Diaz

Time que terminou (4-4-2): Lopes | Rafael, Marcelo, Morel e Mendy | Tousart, Diop, Ferri e Tete | Gouiri e Terrier

Gols (pênaltis): Ferri, Marcelo, Gouiri e Tete | Jorginho, Barkley, Alonso, Azpilicueta e Hazard.
Ausências: Marçal e Cornet (recondicionamento)

MELHORES MOMENTOS




[Ligue1 18/19] 1ª rodada - Lyon x Amiens


FOTO: ol.fr

A temporada começa para valer na manhã deste domingo (12). O Lyon enfrentará o Amiens no Groupama Stadium e já quer começar a Ligue 1 com o pé direito. Pra isso, Fekir, mesmo não relacionado para o jogo aparecerá antes da partida para dar uma volta olímpica com o troféu da Copa do Mundo. O OL não tem um campeão mundial desde Edmílson, em 2002. Ele estará ao lado de Nathalie Boy de la Tour, presidente da LFP, liga que gere o Campeonato Francês.

Em campo, o Lyon poderá estrear oficialmente as novas contratações Léo Dubois e Martin Terrier, apesar das previsões os colocarem iniciando no banco de reservas. Dubois ainda tem mais chance, já que Rafael está suspenso, assim como Anthony Lopes. Outro desfalque será Fernando Marçal. O lateral esquerdo ainda se recupera de um estiramento na panturrilha. Enquanto isso, Fekir só passeará com a taça mesmo. Ele retornou aos treinamentos depois da Copa só nesta semana e ainda não está em condições físicas.



O time do Amiens, em contrapartida, vem com muitas novidades. Ao todo, 14 jogadores deixaram o clube na janela. Eles precisaram correr para propor a renovação do plantel, por isso, é possível ver várias novidades amanhã, como o goleiro Dreyer (ex-Caen), o volante Gnahoré (ex-Palermo), o lateral Krafht (ex-Bolonha), além dos atacantes Otero (ex-Estudiantes) e Rafal Kurzawa, vindo do futebol polonês. Oficialmente, Amiens não divulgou a relação dos jogadores que viajaram para Lyon, tampouco suas ausências para esta estreia.

O confronto entre Lyon e Amiens acontece neste sábado (12/05), às 10h do horário de Brasília. No Brasil, nenhuma emissora transmitirá a partida. Abaixo, confira os relacionados pelos dois times.



LYON:

GOLEIROS: Mathieu GORGELIN e Anthony RACIOPPI;
LATERAIS: Léo DUBOIS, Kenny TETE e Ferland MENDY;
ZAGUEIROS: Jérémy MOREL e MARCELO;
VOLANTES: Lucas TOUSART, Jordan FERRI, Christopher MARTINS-PEREIRA, Pape Cheikh DIOP e Tanguy NDOMBÉLÉ;
MEIAS: Houssem AOUAR;
ATACANTES: MEMPHIS Depay, Bertrand TRAORÉ, MARIANO Díaz, Martin TERRIER e Maxwel CORNET;
TÉCNICO: Bruno GÉNÉSIO;
DESFALQUESAnthony LOPES, RAFAEL, Fernando MARÇAL e Nabil FEKIR



AMIENS:
(relação não-oficial)

GOLEIROS: Régis GURTNER e Matthieu DREYER;
LATERAIS: Oualid EL HAJJAM, Bakaye DIBASSY, Emil KRAFTH;
ZAGUEIROS: Khaled ADÉNON, Jordan LEFORT, Sanasi SY e Mathieu BODMER;
VOLANTES: Guessouma FOFANA, Eddy GNAHORÉ e Cheick TIMITÉ;
MEIAS: Quentin CORNETTE, Réda RABEÏ e Gaoussan TRAORÉ;
ATACANTES: Stiven MENDOZA, Rafal KURZAWA, Bachibou KOÏTA, Juan Ferney OTERO e Moussa KONATÉ;
TÉCNICO: Christophe PÉLISSIER;
DESFALQUES: (não divulgado)


TIME BASE DO LYON PARA A TEMPORADA


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Le Podcast du Foot #86 - Super guia da temporada (Ligue 1 - 2018/19)

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi/Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


Quer saber tudo que vai rolar no Francês nesta temporada? Aperta o play! (Foto: europafootball.wordpress.com)


Vem aí a temporada 2018/19 do Campeonato Francês!

O atual campeão PSG mantém Neymar, Mbappé, Cavani e agora conta com o reforço de Thomas Tüchel como treinador. O Monaco mantém a política de buscar jovens atletas para valoriza-los e vende-los por valores maiores. Enquanto isso, Marseille e Lyon se movimentam para competir de forma igualitária com os dois.

Mas ainda tem Saint-Étienne, Nantes, Rennes e outros tantos que querem buscar um lugar ao sol.

Quer saber o que pode rolar na nova temporada da Ligue 1? Tem edição especial de Le Podcast du FootEduardo Madeira, Filipe Papini e Renato Gomes projetam o torneio e contam com as participações de Vinícius Ramos e das torcidas brasileiras do Monaco, Marseille e Rennes.


OUÇA O MATERIAL NO DISPLAY ABAIXO:

Ouça a TODAS AS OUTRAS EDIÇÕES do podcast.

Agora, o material também pode ser assinado via ITUNES!!!

Comente também nos blogs do Eduardo Madeira e na minha coluna do SporTV! Ahh... passe lá na fan page da Ligue1Brasil no Facebook também!

Passe aqui depois e me diga o que achou. Deixe seu pitaco, sua dica, sua reclamação e também a sua pergunta. Você pode ter seu nome lido no programa. Seja corneteiro. Faça parte do podcast!


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Le Podcast du Foot #85 - Lima e o terceiro ano na França: “Nantes respira futebol”

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi/Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


Esta edição do podcast foi especial: entrevistamos o brasileiro Lima, do Nantes (Foto: europafootball.wordpress.com)


O Nantes não se contenta com migalhas. Sonha alto e trabalha para cumprir isso. Os brasileiros fazem parte desse contexto, caso do lateral-esquerdo Lima – um dos cinco jogadores nascidos no Brasil que estão no elenco verde e amarelo.

Aos 26 anos, ele parte para a terceira temporada nos Canários. O objetivo é melhorar o desempenho de 2017/18 e recolocar um dos maiores campeões do futebol francês no cenário europeu.

Convidado especial da edição #85 de Le Podcast du Foot, Lima falou um pouco do período em Nantes, dos aprendizados na França e das primeiras impressões de Miguel Cardoso, a quem considerou “excelente treinador”.

Em determinado momento da entrevista, o defensor comentou sobre La Beaujoire, a casa dos Canários. “A torcida é sensacional. Nantes respira futebol”, elogiou.

Ouça abaixo a edição #85, apresentada por Eduardo Madeira.


OUÇA O MATERIAL NO DISPLAY ABAIXO:

Ouça a TODAS AS OUTRAS EDIÇÕES do podcast.

Agora, o material também pode ser assinado via ITUNES!!!

Comente também nos blogs do Eduardo Madeira e na minha coluna do SporTV! Ahh... passe lá na fan page da Ligue1Brasil no Facebook também!

Passe aqui depois e me diga o que achou. Deixe seu pitaco, sua dica, sua reclamação e também a sua pergunta. Você pode ter seu nome lido no programa. Seja corneteiro. Faça parte do podcast!


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

terça-feira, 17 de julho de 2018

Le Podcast du Foot #84 - Champions du monde!

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi/Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


Depois de 20 anos, a França é bicampeã mundial (Foto: europafootball.wordpress.com)


O mundo é azul mais uma vez!

A grande expectativa criada em cima de um elenco talentosíssimo, repleto de ótimos jogadores, se converteu em título mundial para a França. Na grande decisão, brilhou mais forte a estrela do trio Paul PogbaAntoine Griezmann e Kyllian Mbappé e os comandados de Didier Deschamps desbancaram a Croácia por 4 a 2, erguendo a taça mais cobiçada do mundo das seleções.

Como foi rotina em toda a Copa do Mundo, a turma de Le Podcast du Foot se reuniu para analisar o título mundial. O editor do Europa Football, Eduardo Madeira  conversou sobre a campanha vitoriosa com Filipe Papini, do C’est Le Foot, e Renato Gomes, do Footure.


OUÇA O MATERIAL NO DISPLAY ABAIXO:

Ouça a TODAS AS OUTRAS EDIÇÕES do podcast.

Agora, o material também pode ser assinado via ITUNES!!!

Comente também nos blogs do Eduardo Madeira e na minha coluna do SporTV! Ahh... passe lá na fan page da Ligue1Brasil no Facebook também!

Passe aqui depois e me diga o que achou. Deixe seu pitaco, sua dica, sua reclamação e também a sua pergunta. Você pode ter seu nome lido no programa. Seja corneteiro. Faça parte do podcast!


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!