segunda-feira, 30 de novembro de 2015

[LIGUE1 15/16] 16ª rodada - Nantes x Lyon

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


FOTO: olweb.fr

Exclusivamente nesta semana, a Ligue1 terá jogos na terça, quarta e quinta. E o Lyon já entra em campo amanhã mesmo, no Stade La Beaujoire, para encarar o Nantes. O time da casa, na briga por posições no topo da tabela,  quer sair do 10º lugar, podendo subir até duas colocações na rodada.

O Lyon, por sua vez, precisa se recolocar depois da derrota por 4 a 2 diante do Montpellier, em casa. Em busca da vitória, o time de Fournier tem a missão de reconquistar a vice-liderança do torneio. Cheio de desfalques, o OL tem boas novidades entre os relacionados (ver final do post).

A partida acontece nesta terça-feira (01/12), às 18h do horário de verão de Brasília. O SporTV transmite o confronto, ao vivo.


LYON:

GOLEIROS: Mathieu GORGELIN e Lucas MOCIO;
LATERAIS: Jérémy MOREL, Henri BEDIMO e RAFAEL;
ZAGUEIROS: Lindsay ROSE e Bakary KONÉ;
VOLANTES: Maxime GONALONS, Arnold MVUEMBA, Romain DEL CASTILLO, Lucas TOUSART, Corentin TOLISSO, Sergi DARDER e Jordan FERRI;
MEIAS: Steed MALBRANQUE, , Rachid GHEZZAL e Mathieu VALBUENA;
ATACANTES: Claudio BEAUVUE e Alexandre LACAZETTE;
TÉCNICO: Hubert FOURNIER;
DESFALQUES: Anthony LOPES, Christophe JALLET, Mapou YANGA-M'BIWA, Samuel UMTITI, Gueïda FOFANA, Clément GRENIER, Nabil FEKIR e Aldo KALULU



NANTES:

GOLEIROS: Rémy RIOU e Maxime DUPÉ;
LATERAIS: Emir LENJANI, Youssouf SABALY e Léo DUBOIS;
ZAGUEIROS: Enock KWATENG, Lorik CANA, Koffi DJIDJI, Lorik CANA e Oswaldo VIZCARRONDO;
VOLANTES: Lucas DEUX e Abdoulaye TOURÉ;
MEIAS: ADRYAN, Johan AUDEL, Hicham M'LAAB e Jules ILOKI;
ATACANTES: Yacine BAMMOU, Emiliano SALA e Kolbeinn SIGÞÓRSSON;
TÉCNICO: Michel DER ZAKARIAN;
DESFALQUES: Wilfried MOIMBÉ e Alejandro BEDOYA


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!


sábado, 28 de novembro de 2015

Lyon sofre e perde feio de novo

Filipe Frossard Papini
Adaptado do texto de: Renan dos Santos Souza (Vavel Brasil)
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


Montpellier teve a oportunidade de golear, mas Anthony Lopes evitou aquilo que poderia ser mais um grande desastre




Na tarde desta sexta-feira (27), mesmo jogando em casa, o Lyon não conseguiu derrotar a equipe do Montpellier. Os Gones perderam por 4 a 2, distanciando ainda mais da liderança da Ligue 1. Lacazette e Ghezzal marcaram para a equipe da casa, mas com dois gols de Casimir Ninga, um de Camara e outro contra de Gonalons, La Paillade conseguiram sair com os três pontos nesta 15ª rodada do Campeonato Francês.

A derrota foi péssima para o Lyon, pois na vice-liderança, com 25 pontos, corre o risco de ver o Paris Saint-Germain, líder da competição, abrir 16 pontos de vantagem. Este risco pode virar realidade muito por conta do adversário que a equipe de Ibrahimovic e companhia enfrentará. O PSG irá encarar o Troyes, lanterna do torneio, que na qual ainda não ganhou nenhuma partida. Já o Montpellier, conseguiu se afastar dos últimos dois colocados que vão para a Ligue 2, se firmando temporariamente na 13ª colocação, com 18 pontos, a nove de distância do primeiro colocado da zona de rebaixamento, Toulouse.

Na próxima rodada, o Lyon irá bater de frente com o Nantes, fora de casa. Já o Montpellier, irá enfrentar o Gazélec Ajaccio, dentro de casa.

Em primeiro tempo movimentado, Montpellier larga na frente de Lyon

Sem Fekir, Jallet e Umtiti machucados, o Lyon foi para o jogo no estádio Gerland sem estes três jogadores importantes. Além disso, os Gones veio para a partida diante do Montpellier muito desmotivado pela dramática derrota contra o Gent. A equipe da casa que começou assustando, pois, logo aos seis minutos, Valbuena cruzou na medida para Gonalons cabecear, obrigando o goleiro Pionnier a fazer boa defesa.

A resposta do Montpellier foi eficiente e mortal, dois minutos depois, o time visitante encaixou bela troca de passes no meio campo, Roussillon recebeu bom passe em profundidade e cruzou por baixo para a área, mas no meio do caminho, o capitão Gonalons deslizou para afastar e mandou para as próprias redes, sem chances para Lopes.

Após o gol, o Lyon pareceu ter se abatido, e dois minutos depois de levar o primeiro, o OL tomou o segundo. Na saída de bola do goleiro, a defesa do Lyon afastou, a bola sobrou para Rémy, que aproveitou a desatenção da defesa e serviu o atacante Ninga, que ficou na cara de Lopes e teve toda a calma do mundo para tirar do goleiro português e aumentar para o Montpellier.

O Lyon conseguiu voltar ao jogo aos 14 minutos, quando em cobrança de escanteio vindo da direita, achou Beauvue livre na área para cabecear, mas em uma defesa sensacional, o goleiro Pionnier salvou o Montpellier, porém, no rebote, Lacazette conseguiu dar um toquinho de cabeça para marcar e diminuir. Após o gol, os time da casa tomaram um susto, na falha de marcação: Boudebouz cruzou na medida para Dabo, que dominou no peito e arriscou, não conseguindo marcar por conta de uma linda intervenção de Lopes com a barriga, saindo aos pés do atacante.

Jogadores do Lyon erram individualmente e dão vitória de graça ao Montpellier no segundo tempo

Sem nenhuma modificação em relação as escalações inciais, o Lyon voltou para o segundo tempo contra o Montpellier com uma postura diferente. Mas logo aos três minutos, a motivação do Lyon foi por água a baixo, quando em bola lançada para o ataque do MHSC, Rafael foi recuar para o goleiro Lopes, mas o passe do brasileiro não foi bom, dando de graça para Roussillon, que tentou driblar o goleiro do Lyon, mas não conseguiu, Lopes deu um tapinha e fez com que a bola parasse nos pés de Ninga, que tocou para o gol sem goleiro, aumentando a diferença.

Em desespero, o Lyon partiu para cima do Montpellier e deixou a retaguarda aberta, sendo mortal. Os visitantes iniciaram um contra-ataque aos 35 minutos: Martin ganhou uma dividida contra Rafael e teve um corredor para arrancar, já na área, o meio-campista serviu Camara, que chutou na primeira vez, Lopes defendeu, mas no rebote ele não perdoou o goleiro português.

Na parte final do jogo, aos 38, o OL até descontou com Ghezzal cobrando falta da meia lua da área. A batida do argelino foi perfeita, no ângulo de Pionnier, que apenas observou a bola entrando.




TEXTO ADAPTADO DE: Vavel Brasil
FOTOS: L'Equipe / Le Parisien / Yahoo.fr / FootMercato / SoFoot / Vavel Brasil


MELHORES MOMENTOS:
video


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!


quinta-feira, 26 de novembro de 2015

[LIGUE1 15/16] 15ª rodada - Lyon x Montpellier

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


FOTO: mhscfoot.com


O Lyon, do lateral brasileiro Rafael, ex-Manchester United enfrenta o Montpellier, último campeão antes da hegemonia do PSG. O primeiro está na vice liderança com 13 pontos de diferença para Ibrahimovic e companhia, enquanto o segundo se encontra no meio da tabela. Os dois times se enfrentam pela 15ª rodada.

No último confronto entre as duas equipes na mesma competição aconteceu em 08 de Março de 2015. Na ocasião o Lyon venceu o Montpellier por 5x1.

ADAPTADO DE: SporTV e TabelaDeClassificacao

A partida acontece nesta sexta-feira (27/11), às 17h30 do horário de verão de Brasília. O SporTV2 e a ESPN Brasil transmitem o confronto, ao vivo.


LYON:

GOLEIROS: Mathieu GORGELIN e Anthony LOPES;
LATERAIS: Jérémy MOREL, Henri BEDIMO e RAFAEL;
ZAGUEIROS: Milan BIŠEVAC e Mapou YANGA-M'BIWA;
VOLANTES: Maxime GONALONS, Arnold MVUEMBA, Corentin TOLISSO, Sergi DARDER e Jordan FERRI;
MEIAS: Steed MALBRANQUE, Clément GRENIER, Rachid GHEZZAL e Mathieu VALBUENA;
ATACANTES: Claudio BEAUVUE, Alexandre LACAZETTE e Maxwel CORNET;
TÉCNICO: Hubert FOURNIER;
DESFALQUES: Christophe JALLET, Samuel UMTITI, Gueïda FOFANA, Nabil FEKIR e Aldo KALULU



MONTPELLIER:

GOLEIROS: Laurent PIONNIER e Jonathan LIGALI;
LATERAIS: Mathieu DEPLAGNE, Bryan DABO e Mamadou N'DIAYE;
ZAGUEIROS: Vitorino HILTON, Ramy BENSEBAINI e Daniel CONGRÉ;
VOLANTES: Jonas MARTIN, Jérôme ROUSSILLON, Ellyes SKHIRI e William RÉMY;
MEIAS: Ryad BOUDEBOUZ, Morgan SANSON e Jean DEZA;
ATACANTES: Djamel BAKAR, Souleymane CAMARA, Mustapha YATABARÉ, Casimir NINGA e Quentin CORNETTE;
TÉCNICO: Rolland COURBIS;
DESFALQUES: Geoffrey JOURDREN, Jamel SAIHI, Joris MARVEAUX, Paul LASNE e Kévin BÉRIGAUD


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!


terça-feira, 24 de novembro de 2015

Lyon sofre virada no fim e dá adeus a UCL

Filipe Frossard Papini
Adaptado do texto de: Renan dos Santos Souza (Vavel Brasil)
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


Com o resultado extremamente negativo, o OL deixou escapar a chance até mesmo de alcançar a Liga Europa, pela terceira colocação do grupo




No início da noite desta terça-feira (24), o Lyon tropeçou em casa diante do Gent e está matematicamente eliminado da Uefa Champions League. O resultado de 2 a 1 foi mais uma péssima partida dos Les Gones na principal competição do continente europeu, somando apenas um ponto no torneio em cinco partidas disputadas. Os donos da casa abriu o placar logo no começo do jogo, aos sete minutos, com o meio-campista Jordan Ferri. Ainda na primeira etapa, os belgas empataram com Milicevic, de falta, e consequentemente, a virada chegou 94 minutos, de cabeça, com Coulibaly.

O Lyon não tem mais chances de passar de fase na Uefa Champions League, muito menos conseguir uma vaga na Europa League, fazendo uma terrível campanha na competição. Em cinco jogos disputados, os Les Gones somaram apenas um ponto, conquistado lá na primeira rodada diante do próprio Gent. A equipe francesa está na chave H, e vê de longe o Zenit liderar o grupo com 15 pontos e com 100% de aproveitamento, logo em seguida o Gent que ultrapassou o Valência com a vitória de hoje chegando aos sete pontos, e o time espanhol, na terceira posição com seis pontos.

Apesar de fazer bom primeiro tempo, Lyon não aproveita as chances e deixa Gent conseguir empatar

O Lyon precisava de um milagre para conseguir passar de fase, e o técnico Hubert Fournier foi com tudo para cima do atual líder do Campeonato Belga. Fazendo grande campanha na Ligue 1, os Les Gones não demorou para abrir o placar no estádio Gerland, com Jordan Ferri. Jallet cobrou bem o escanteio e o meio-campista só raspou a cabeça na bola, tirando as chances de defesas do goleiro Sels.

Na frente no placar, os torcedores do Lyon criaram uma ótima expectativa em conseguirem a primeira vitória na Uefa Champions League e poder sonhar com uma vaga pelo menos na Europa League, Mas ao invés de crescer mais ainda no jogo, os Les Gones deixou o rendimento cair e o  Gent aproveitou, tanto que aos 11 minutos, o arqueiro português Anthony Lopes fez um milagre ao defender a cabeçada do brasileiro Renato Neto. Logo após tomar o controle da partida, os belgas passaram a priorizar a posse de bola, até que aos 32 minutos, Danijel Milicević acertou uma cobrança de falta certeira, morrendo lá no canto direito do goleiro Lopes, belo gol do Gent.

Ainda no final do primeiro tempo, o Lyon quase chegou ao segundo gol, mas o atacante Lacazette não aproveitou o milimétrico cruzamento de Valbuena, cabeçeando a bola muito para o canto esquerdo, saindo pela linha de fundo.

Novamente Lyon não aproveita as oportunidades na segunda etapa e leva virada no finalzinho

O segundo tempo começou bem para os donos da casa, pois aos 51 minutos, Valbuena matou a bola alçada na área e consegue chutar rapidamente ao gol, mas o meio-campista viu o goleiro Sels operar um milagre, evitando o segundo gol dos Les Gones. Aos 62, outra grande oportunidade para o Lyon, Ghezzal recebeu a bola e ficou cara a cara com o arqueiro belga, o argelino até tirou de Sels, mas como um gato, o goleiro do Gent saltou e operou um segundo milagre no estádio Gerland.

No final da partida aconteceu o pior para o Lyon. O empate era um resultado ruim para o clube francês, mas aos 94 minutos, Coulibaly conseguiu aproveitar um belo escanteio cobrado por seu companheiro de equipe, cabeceou a bola, que pegou na trave antes de entrar, não deixando nenhuma brecha para o goleiro Lopes salvar o Lyon, assim consegue a virada o clube belga, alcançando sete pontos e roubando a posição do Valência, estando à uma vitória do grande triunfo de se classificar para as oitavas de finais da Uefa Champions League.




TEXTO ADAPTADO DE: Vavel Brasil
FOTOS: kaagent.be / olweb.fr / Vavel Brasil


MELHORES MOMENTOS:
video


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!


segunda-feira, 23 de novembro de 2015

[CHAMPIONS LEAGUE 15/16] 5ª rodada (fase de grupos) - Lyon x Gent-BEL

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


FOTO: olweb.fr

O presidente Jean-Michel Aulas sonhava em ver seu clube disputar uma partida de Liga dos Campeões em fevereiro, no novo estádio, que será inaugurado no início do ano, mas o Lyon está virtualmente eliminado. Com apenas um ponto em quatro jogos, o atual vice-campeão francês pode ganhar sobrevida com uma vitória nesta terça-feira, desde que o Valencia não vença o Zenit. Para isso, precisa jogar melhor do que na sexta-feira, quando foi atropelado pelo Nice

ADAPTADO DE: AFP

A partida acontece nesta terça-feira (24/11), às 17h45 do horário de Brasília. Por ser a nova detentora dos direitos de transmissão da Liga dos Campeões, a emissora Esporte Interativo irá transmitir o jogo. Mas será somente pela web, via EI PLUS. Abaixo, confira os relacionados pelo Lyon. O Gent não divulgou oficialmente seus jogadores convocados. Baseamos a relação abaixo nos atletas que foram relacionados pelo jogo de ida.



LYON:

GOLEIROS: Mathieu GORGELIN e Anthony LOPES;
LATERAIS: Henri BEDIMO, RAFAEL e Jérémy MOREL;
ZAGUEIROS: Milan BIŠEVAC, Lindsay ROSE e Mapou YANGA-M'BIWA;
VOLANTES: Sergi DARDER, Corentin TOLISSO, Arnold MVUEMBA e Jordan FERRI;
MEIAS:  Mathieu VALBUENA Rachid GHEZZAL e Steed MALBRANQUE;
ATACANTES: Alexandre LACAZETTE, Claudio BEAUVUE e Maxwel CORNET;
TÉCNICO: Hubert FOURNIER;
DESFALQUES: Christophe JALLET, Samuel UMTITI, Gueïda FOFANA, Maxime GONALONS, Nabil FEKIR e Aldo KALULU



GENT:
NÃO OFICIAL! (baseado na relação de atletas do jogo de ida, na Bélgica)

GOLEIROS: Matz SELS, Brian VANDENBUSSCHE e Yannick THOELEN;
LATERAIS: RAFINHA, Thomas FOKET e Nana ASARE;
ZAGUEIROS: Lasse NIELSEN, Stefan MITROVIC e Uros VITAS;
VOLANTES: Sven KUMS, RENATO NETO e Hannes VAN DER BRUGGEN;
MEIAS: Thomas MATTON, Marko POLETANOVIC, Brecht DEJAEGERE, Danijel MILICEVIC e Kenny SAIEF;
ATACANTES: Laurent DEPOITRE, Benito RAMAN, Moses SIMON, Kalifa COULIBALY e Nicklas PEDERSEN;
TÉCNICO: Hein VANHAEZEBROUCK;
DESFALQUES: (?)


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!


sábado, 21 de novembro de 2015

Lyon cochila e Nice goleia

Filipe Frossard Papini
Adaptado do texto de: Tiago Barbosa (Vavel Brasil)
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


Time do ex-técnico do Lyon, Claude Puel, despacha o OL sem muita dificuldade e entra pra zona da Liga dos Campeões




Nesta sexta-feira (20), Nice e Lyon se enfrentaram, no Allianz Riviera, em partida válida pela 14° rodada da Ligue 1 2015/16. Os rubro-negros estão em bom momento na competição e subiram ainda mais na tabela, entrando na zona de classificação da Uefa Champions League. Enquanto que os Gones, que vinham de três vitorias seguidas, estacionaram.

Em jogo movimentado, os donos da casa venceram pelo placar de 3 a 0, os gols foram marcados por Germain, Yanga-Mbiwa, contra, e Koziello. Com o resultado o Nice pulou para a terceira colocação com 24 pontos e entrou na zona de classificação para a UCL. Já o Lyon segue em segundo com 25 pontos.

A próxima partida do Nice será fora de casa contra o Toulouse, no Estádio Municipal, próximo sábado (28). Enquanto que o Lyon recebe a equipe do Montpellier, em casa, na próxima sexta-feira (27). Antes, os gones enfrentam o Gent pela fase de grupos da UEFA Champions League.

Nice joga melhor e saiu na frente com gol de Germain

Os visitantes começaram em cima e aos 4 minutos tiveram uma chance clara de gol: o zagueiro Le Marchand saiu jogando errado e deu a bola nos pés de Ferri que rolou para Beauvue mandar por cima do gol de Hassen.

O time da casa deu a resposta aos 12 minutos, Mendy fez ótimo lançamento para Pied, o ex-jogador do Lyon fez grande jogada e arriscou. Anthony Lopes fez a defesa, evitando o gol do Nice. Em seguida, foi a vez de Germain desperdiçar uma ótima chance de abrir o placar, ele mandou à esquerda do goleiro português.

A equipe visitante continuou insistindo, aos 16 minutos, Gonalons tocou para Beauvue que deu para Lacazette, o artilheiro da equipe saiu de frente com o goleiro e mandou na trave, perdendo a melhor chance da partida.

Só que aos 20 minutos, os donos da casa abriram o placar: na ótima jogada iniciada por Seri, o marfinense deixou Germain na cara do gol e atacante não desperdiçou, colocando sua equipe em vantagem.

Minutos mais tarde quase ampliaram o placar: Pied tabelou com Germain, o atacante tentou retribuir Seri que saiu de frente com o goleiro e bateu no canto direito, mas o brasileiro Rafael desviou de leve.

Nice amplia e conquista o triunfo dentro de casa

No inicio da segunda etapa, o time rubro-negro marcou o segundo gol. Aos 3 minutos, Ben Arfa tocou para Seri, o jogador marfinense passou para Pied, o camisa 29 cruzou rasteiro, mas o zagueiro Yanga-Mbiwa desviou para o próprio gol, marcando contra.

Em desvantagem no marcador, o OL tentarou esboçar uma reação, aos 11 minutos, Valbuena arriscou fraco facilitando a defesa de Hassen.

Aos 26 minutos, os donos da casa fizeram o terceiro gol. Pied apareceu novamente, o ala pela direita tocou para Koziello que dominou e chutou sem chances de defesa para Anthony Lopes, que nada pode fazer.

No fim, o atacante Germain perdeu outra chance, seria o segundo dele na partida. Em assistência de Pied, a tentativa do atacante parou no arqueiro visitante, que abafou e fez boa defesa. Depois foi a vez de Ben Arfa que arriscou obrigando Anthony Lopes a trabalhar mais uma vez, no rebore Seri mandou pra fora.




TEXTO ADAPTADO DE: Vavel Brasil
FOTOS: L'Equipe / Le Parisien / Yahoo.fr / FootMercato / SoFoot / Vavel Brasil


MELHORES MOMENTOS:
video


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!


quinta-feira, 19 de novembro de 2015

[LIGUE1 15/16] 14ª rodada - Nice x Lyon

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


FOTO: ogcnice.com


Um jogo abre, nesta sexta-feira, a 14ª rodada do Campeonato Francês. O Lyon visita o Nice no Estádio Alliaz Riviera, em Nice, em busca de uma vitória para defender a sua posição de vice-líder, atualmente conquistada com 25 pontos, dez a menos que o primeiro colocado Paris Saint-Germain.

Jogando fora de casa o Lyon promete ousadia. "Nós estamos fazendo uma competição em que o progresso tem sido a tônica. Não começamos brilhantes, mas estamos perseguindo sempre o melhor. O jogo contra o Nice não vai ser fácil, mas temos plenas condições de atingirmos nosso objetivo e vamos ser ousados nesta tentativa", disse Hubert Fournier, treinador do Lyon.

O Nice, que vai jogar em casa e contando com o apoio da torcida, faz campanha até certo ponto surpreendente e, com 21 pontos, luta para se manter na luta por vagas nas próximas competições europeias.

ADAPTADO DE: Gazeta Esportiva

A partida acontece neste domingo, (20/11), às 17h30 do horário de verão de Brasília. A ESPN transmite o confronto, ao vivo.


LYON:

GOLEIROS: Mathieu GORGELIN e Anthony LOPES;
LATERAIS: Jérémy MOREL, Henri BEDIMO, RAFAEL e Christophe JALLET;
ZAGUEIROS: Mapou YANGA-M'BIWA;
VOLANTES: Maxime GONALONS, Arnold MVUEMBA, Corentin TOLISSO, Sergi DARDER e Jordan FERRI;
MEIAS: Romain DEL CASTILLO, Steed MALBRANQUE e Mathieu VALBUENA;
ATACANTES: Claudio BEAUVUE, Alexandre LACAZETTE e Maxwel CORNET;
TÉCNICO: Hubert FOURNIER;
DESFALQUES: Samuel UMTITI, Milan BIŠEVAC, Gueïda FOFANA, Clément GRENIER, Nabil FEKIR e Aldo KALULU



NICE:

GOLEIROS: Mouez HASSEN e Yoan CARDINALE;
LATERAIS: Jérémy PIED, Jonathan CORREIA;
ZAGUEIROS: Maxime LE MARCHAND, Paul BAYSSE, Olivier BOSCAGLI e Romain GENEVOIS;
VOLANTES: Jean Michaël SERI, Niklas HULT, Nampalys MENDY e Vincent KOZIELLO;
MEIAS: Saïd BENRAHMA e Stéphan "DADA" Raheriharimanana;
ATACANTES: Hatem BEN ARFA, Paulin PUEL, Alexandre MENDY, Valère GERMAIN;
TÉCNICO: Claude PUEL;
DESFALQUES: Simon POUPLIN, RICARDO PEREIRA, Mathieu BODMER, WALLYSON Mallmann, Mahamane TRAORÉ, Alassane PLÉA, Mickaël LE BIHAN


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!


domingo, 8 de novembro de 2015

Na despedida do Gerland em clássicos, Lyon goleia com hat-trick de Lacazette

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


Artilheiro do OL foi o destaque absoluto na vitória por 3 a 0 diante do Saint-Étienne. Lyon agora é o vice-colocado.




Entrar na 13ª rodada como o 3º colocado do Campeonato Francês, mascara a fase nem tão boa do Lyon. Apesar das coisas estarem sendo empurradas com a barriga na liga doméstica, as coisas não vão muito bem na Liga dos Campeões. E em função disso, até mesmo brigas internas são relatadas dentro do elenco, o que culmina em uma situação cada vez mais delicada dentro do plantel dos Gones. Sendo assim, o jogo de hoje, contra o St.Étienne, dentro de casa, seria de suma importância para, quem sabe, o time dar uma nova guinada na sua situação. Em caso de vitórias, novos ares poderiam tomar o CT de Tola-Vologe. Em caso de derrota, mais problemas. O jogo marcava a última partida do Stade Gerland sob o Lyon como mandante. O novo estádio está sendo erguido e já estará disponível em janeiro.

Em termos de peças dentro de campo, o OL vinha com algumas surpresas. Jallet, Bedimo e Darder começavam no banco de reservas. Seus lugares eram ocupados por seus substitutos naturais: Rafael, Morel e Ferri. Fora isso, nenhuma novidade. O ataque, ainda inconstante, persistia o mesmo, com Beauvue e Lacazette e com Valbuena chegando de trás. No banco, além dos três preteridos por Fournier, também estavam o goleiro Gorgelin, os meias Ghezzal e Malbranque, além do jovem Cornet. Abaixo, confira como ficou a formação tática adotada para o clássico:




Pelo ASSE, também novidades. Jonathan Brison, que vinha sendo titular, deixou os 11 iniciais e o centroavante Robert Beric ganhava chances. Na formação de Galtier, o time atuava no 4-3-3, com muita marcação nos três homens de meio de campo e muita qualidade finalização nos três homens de frente. Assim como no Lyon, jogadores de qualidade integravam o banco de reservas dos Verts. Destaques para Eysseric, Corgnet, Monnet-Paquet e o jovem Maupay. Todos eles tornavam-se importantes peças para alterações táticas. Abaixo, a formação do ASSE para o jogo:




O clima de clássico tomava conta dos redutos do Gerland. Não só nas arquibancadas, como fora dela e também no gramado. O frisson dos jogadores foi revertido em cartão amarelo. Dois para ser mais preciso, ainda antes dos 6’ de jogo. Vincent Pajot e Fabien Lemoine cometeram faltas com força excessiva e foram punidos pelo árbitro Tony Chapron logo no inicio da partida, comprometendo a pegada na marcação durante o restante de todo o jogo.

Mas, com o passar o tempo, o jogo foi ficando frio.  A qualidade geralmente presente em um derby entre Lyon e Saint-Étienne parece não ter aparecido na noite deste domingo e, naturalmente, a qualidade do espetáculo foi alterada. Apesar de ser melhor em campo, o Lyon não se encontrava. Precisava abusar dos cruzamentos e das bolas paradas para apontar perigo. Enquanto isso, o ASSE nem isso conseguia.

A diferença entre as duas equipes era na forma como tratava a posse de bola. O time visitante parecia queimar os pés quando tinha a bola consigo. Finalizava de qualquer maneira, corria com ela e não sabia como trabalha-la da melhor forma. Diferentemente do rival, o Lyon, apesar de criar pouco, conseguia ter essa diferença na posse de bola, valorizando-a e chegando com mais apreço até a meta a adversária. Falta somente o último passe para grandes lances aparecerem.

Perto dos 30’ iniciais, os dois treinadores precisaram mexer precocemente. Ambos por lesões. Fabien Lemoine, do St-Étienne teve uma pancada e acabou dando lugar a Valentin Eysseric. ASSE tinha um poder ofensivo maior naquele momento, portanto. Pelo Lyon, quem deixou o campo foi o capitão Maxime Gonalons – passando a faixa para Lacazette. Ele sentiu dores no quadril e deu vaga a Sergi Darder.

Faltando pouco menos de 10’ para o término da etapa inicial, o Lyon teve a grande oportunidade de abrir o marcador e foi interpelado pelas ótimas intervenções de Ruffier. O goleiro dos Verts salvou milagrosamente em duas oportunidades seguidas. Primeiro em finalização de Ferri já na pequena área. No rebote, foi a vez de Mathieu Valbuena pegar bem e forçar nova defesa do goleiro.

Mas, no lance seguinte, Ruffier nada pode fazer. Lacazette recebeu na entrada da área, se desvencilhou de Loïc Perrin com um toque apenas, entrou na área, esperou a saída do goleiro e, com um toque sutil, encobriu Ruffier. Florentin Pogba ainda tentou correr para salvar, mas a bola foi sutilmente entrando para o fundo das redes. Lyon abria o placar aos 41’ de jogo, para explosão do Gerland.

Na volta do segundo tempo, a postura do St-Étienne parecia ter mudado. Logo nos primeiros minutos, o time conseguiu chegar duas vezes, coisa que não havia conseguido fazer durante toda a primeira etapa. E, por pouco, não conseguiu marcar. Faltou detalhe. Mas essa postura se esvaiu com o passar do tempo e, rapidamente, o OL voltou a dominar o jogo novamente, com Valbuena e Lacazette se destacando muito.

E o próprio Lacazette quase dobrou o placar aos 8’ do segundo tempo. Ele recebeu em ótimas condições, de frente ao gol, caminhou até a entrada da área e de lá finalizou de bico. Poderia ter carregado mais ou batido com mais precisão, mas optou tirar de Ruffier e errou o alvo. Após o lance, o ASSE precisou fazer outra alteração por lesão. Florentin Pogba deixou o campo e deu espaço a Pierre-Yves Polomat.

A supremacia do Lyon se confirmou aos 14’ da etapa final. Em jogada construída pelo lado direito, Rafael tabelou com Valbuena e entrou em diagonal. Quando abriu espaço, ele bateu firme e Ruffier espalmou para o meio da área. Era o único recurso – ou isso, ou o gol. No rebote, Lacazette apareceu com muito oportunismo e, de qualquer jeito, apareceu finalizando com o pé esquerdo e fazendo o segundo dele e o segundo do OL. 2 a 0!

Já sem muitos recursos e tendo feito duas alterações, o St-Étienne fez sua última alteração ainda nos 21’ do segundo tempo. Galtier sacrificou seu lateral esquerdo Assou-Ekotto e colocou Kévin Monnet-Paquet, tentando dar mais ofensividade ao quase nulo ataque dos Verts. Por outro lado, o OL tirava Rafael e colocava Jallet e perdia Umtiti por lesão e colocava Bedimo em seu lugar.

Com as duas equipes já tendo mexido e, ainda faltando cerca de 15’ para o término do jogo, cabia os times mostrarem suas forças com o que tinha dentro de campo. E o Lyon não deixava a peteca cair e fazia valer sua superioridade que conquistou desde o primeiro minuto. Foi melhor do início ao fim e não deixou o ASSE crescer em cima da supremacia do seu estádio, para delírio da torcida que já tomava o local com fumaças de sinalizadores.

Já nos acréscimos e para fechar com chave de ouro, o Lyon conseguiu alcançar seu terceiro gol. E o terceiro de Lacazette. Ele recebeu um passe de Ferri em profundidade e, com o típico cacoete de atacante, tirou Ruffier do lance e, quase sem ângulo, bateu pro gol sem goleiro. Hat-trick e felicidade da torcida que entrava em êxtase. Lyon agora terá duas semanas pra aproveitar o momento oportuno e trabalhar com tranquilidade.

O Lyon agora terá uma pausa para respirar em função das datas FIFA. Só volta em campo na sexta-feira do dia 20 de novembro, para enfrentar o Nice, fora de casa, pela 14ª rodada. Até lá!

FOTOS: L'Equipe / olweb.fr


OS GOLS DA PARTIDA:
video


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!