sábado, 28 de novembro de 2015

Lyon sofre e perde feio de novo

Filipe Frossard Papini
Adaptado do texto de: Renan dos Santos Souza (Vavel Brasil)
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


Montpellier teve a oportunidade de golear, mas Anthony Lopes evitou aquilo que poderia ser mais um grande desastre




Na tarde desta sexta-feira (27), mesmo jogando em casa, o Lyon não conseguiu derrotar a equipe do Montpellier. Os Gones perderam por 4 a 2, distanciando ainda mais da liderança da Ligue 1. Lacazette e Ghezzal marcaram para a equipe da casa, mas com dois gols de Casimir Ninga, um de Camara e outro contra de Gonalons, La Paillade conseguiram sair com os três pontos nesta 15ª rodada do Campeonato Francês.

A derrota foi péssima para o Lyon, pois na vice-liderança, com 25 pontos, corre o risco de ver o Paris Saint-Germain, líder da competição, abrir 16 pontos de vantagem. Este risco pode virar realidade muito por conta do adversário que a equipe de Ibrahimovic e companhia enfrentará. O PSG irá encarar o Troyes, lanterna do torneio, que na qual ainda não ganhou nenhuma partida. Já o Montpellier, conseguiu se afastar dos últimos dois colocados que vão para a Ligue 2, se firmando temporariamente na 13ª colocação, com 18 pontos, a nove de distância do primeiro colocado da zona de rebaixamento, Toulouse.

Na próxima rodada, o Lyon irá bater de frente com o Nantes, fora de casa. Já o Montpellier, irá enfrentar o Gazélec Ajaccio, dentro de casa.

Em primeiro tempo movimentado, Montpellier larga na frente de Lyon

Sem Fekir, Jallet e Umtiti machucados, o Lyon foi para o jogo no estádio Gerland sem estes três jogadores importantes. Além disso, os Gones veio para a partida diante do Montpellier muito desmotivado pela dramática derrota contra o Gent. A equipe da casa que começou assustando, pois, logo aos seis minutos, Valbuena cruzou na medida para Gonalons cabecear, obrigando o goleiro Pionnier a fazer boa defesa.

A resposta do Montpellier foi eficiente e mortal, dois minutos depois, o time visitante encaixou bela troca de passes no meio campo, Roussillon recebeu bom passe em profundidade e cruzou por baixo para a área, mas no meio do caminho, o capitão Gonalons deslizou para afastar e mandou para as próprias redes, sem chances para Lopes.

Após o gol, o Lyon pareceu ter se abatido, e dois minutos depois de levar o primeiro, o OL tomou o segundo. Na saída de bola do goleiro, a defesa do Lyon afastou, a bola sobrou para Rémy, que aproveitou a desatenção da defesa e serviu o atacante Ninga, que ficou na cara de Lopes e teve toda a calma do mundo para tirar do goleiro português e aumentar para o Montpellier.

O Lyon conseguiu voltar ao jogo aos 14 minutos, quando em cobrança de escanteio vindo da direita, achou Beauvue livre na área para cabecear, mas em uma defesa sensacional, o goleiro Pionnier salvou o Montpellier, porém, no rebote, Lacazette conseguiu dar um toquinho de cabeça para marcar e diminuir. Após o gol, os time da casa tomaram um susto, na falha de marcação: Boudebouz cruzou na medida para Dabo, que dominou no peito e arriscou, não conseguindo marcar por conta de uma linda intervenção de Lopes com a barriga, saindo aos pés do atacante.

Jogadores do Lyon erram individualmente e dão vitória de graça ao Montpellier no segundo tempo

Sem nenhuma modificação em relação as escalações inciais, o Lyon voltou para o segundo tempo contra o Montpellier com uma postura diferente. Mas logo aos três minutos, a motivação do Lyon foi por água a baixo, quando em bola lançada para o ataque do MHSC, Rafael foi recuar para o goleiro Lopes, mas o passe do brasileiro não foi bom, dando de graça para Roussillon, que tentou driblar o goleiro do Lyon, mas não conseguiu, Lopes deu um tapinha e fez com que a bola parasse nos pés de Ninga, que tocou para o gol sem goleiro, aumentando a diferença.

Em desespero, o Lyon partiu para cima do Montpellier e deixou a retaguarda aberta, sendo mortal. Os visitantes iniciaram um contra-ataque aos 35 minutos: Martin ganhou uma dividida contra Rafael e teve um corredor para arrancar, já na área, o meio-campista serviu Camara, que chutou na primeira vez, Lopes defendeu, mas no rebote ele não perdoou o goleiro português.

Na parte final do jogo, aos 38, o OL até descontou com Ghezzal cobrando falta da meia lua da área. A batida do argelino foi perfeita, no ângulo de Pionnier, que apenas observou a bola entrando.




TEXTO ADAPTADO DE: Vavel Brasil
FOTOS: L'Equipe / Le Parisien / Yahoo.fr / FootMercato / SoFoot / Vavel Brasil


MELHORES MOMENTOS:
video


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário